Reflexão do Dia 17/01/2023

Não queiramos conquistar grandes coisas apenas pela ambição, que pode nos nos inquietar o espírito. Com humildade e dedicação comecemos nossas conquistas pelas coisas simples de cada dia.

Quantos de nós almejamos grandes realizações de um dia para o outro?! A coroa da santidade, o poder da cura, a glória do conhecimento superior, as grandes edificações…

No entanto, a aspiração, o desejo por si só, não basta à realização. Tudo na Natureza obedece ao espírito de sequência. A árvore frutífera, vitoriosa na colheita, passou pela condição de arbusto frágil.

A catarata que move poderosas turbinas, é um conjunto de fios de água lá no seu nascedouro.
Imponente é o projeto de uma casa nobre, no entanto, é indispensável o serviço da picareta e da pá, do tijolo e da pedra.

Abracemos, pois, os deveres humildes com devoção e alcançaremos nosso ideal de progresso e triunfo. Por mais árdua ou mais simples que seja a nossa obrigação, atendamo-la com amor e perseverança.

O conselho bíblico repassado pelo Apóstolo dos gentios é justo e sábio: “…não ambicioneis coisas altas, mas acomodai-vos às humildes…”. Todavia, ele não disse para não conquistarmos grandes realizações.

Ele nos ensina que, escalando com firmeza as faixas inferiores do monte, com maior facilidade lhe conquistaremos o cimo e, aceitando de boa vontade as tarefas pequeninas, as grandes tarefas e grandes conquistas virão naturalmente ao nosso encontro.

Façamos desta terça-feira um dia de paz e perseverança na valorização das nossas tarefas diárias por mais simples que sejam. É nosso dever plantarmos bem hoje, para a certeza de melhor colheita amanhã.

Um abraçaço!

Dê a sua opinião

%d blogueiros gostam disto: