Reflexão do Dia 22/12/2022

Quando temos convicção de que erramos com alguém ou em alguma atitude tomada, não será possível convencer a nós mesmos do contrário. A nossa consciência é o nosso melhor Juiz e não há como “tapar o sol com uma peneira”.

A pior mentira, o pior engano e a pior traição é querermos nos furtar do reconhecimento de nossas próprias falhas. Reconhecer o erro é o primeiro passo para a correção de rumo e o principal tranquilizante para a nossa consciência.

Se fizemos algo condenável, assumamos o que fizemos e corrijamos a falta. O erro assumido é um alvo que acertamos ao desfazê-lo, mas o erro escondido é uma esfera metálica solta na engrenagem da nossa vida a comprometer o resultado dos nossos objetivos.

Enfrentemos a realidade! O seu peso é infinitamente mais leve do que o da consciência culpada. Se não convier usar palavras, manifestemos a nossa vontade pela ação e sigamos em frente. Não será por causa de um erro que tudo estará perdido.

A autenticidade honesta e consciente mantém limpo o nosso caráter, assim como a chuva forte purifica o ar. Mesmo por alguns instantes, pensemos sobre isso nesta quinta-feira e, “bola pra frente”!

Um abraçaço!

Dê a sua opinião

%d blogueiros gostam disto: